Engenharia Civil (PPGENG)

ícone professor

Corpo Docente

ícone grupo de pesquisa

Projetos de Pesquisa

ícone serviço a comunidade

Estrutura Curricular

ícone aluno

O Programa


Apresentação

O Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, em nível de Mestrado, com área de concentração em Engenharia das Construções, corresponde ao resultado do Processo de Evolução do Departamento de Engenharia Civil da UNICAP. O Curso em questão pretende atender profissionais de Engenharia Civil, Arquitetura, bem como de outras áreas que mantenham alguma relação com Engenharia Civil, desde que apresentem projetos de pesquisa relacionados às linhas que o Programa oferece, incentivando o desenvolvimento da pesquisa na Região do Nordeste do Brasil.

Objetivos do Programa

  • Atender uma demanda reprimida por cursos de Mestrado em Engenharia Civil nas Regiões Norte e Nordeste, em especial na Área de Engenharia de Construções;
  • atender uma demanda regional por desenvolvimento de novas tecnologias provenientes de instituições governamentais, órgãos de desenvolvimento e empresas privadas que exigem dos profissionais espírito crítico mais aguçado, bem como capacidade criativa e inovadora mais aprimorada;
  • preparar professores para o Ensino Superior e o exercício da docência nas áreas de Engenharia Civil e Arquitetura;
  • aprofundar a formação dos Engenheiros Civis, Arquitetos e Profissionais afins tornando-os aptos à produção do conhecimento científico, tecnológico e à elaboração de novas técnicas e processos.

Área de Concentração

Engenharia das Construções

 

Linhas de Pesquisa

1. Materiais de Construção Civil

2. Tecnologia das Construções

Conheça mais detalhes em Pesquisa.

Estrutura Curricular

Número de vagas: 18

Duração do Curso: 24 meses

Número mínimo de créditos: 24 créditos, sendo 07 créditos em disciplinas obrigatórias, 05 em disciplinas obrigatórias da linha de pesquisa e 12 em disciplinas eletivas.

Grade Curricular

a) Disciplinas Obrigatórias:

Ciência dos Materiais Aplicada a Engenharia Civil (3 créditos)
Estatística Aplicada à Engenharia Civil (3 créditos)
Metodologia da Pesquisa Tecnológica (1 crédito)

b) Disciplinas Obrigatórias das Linhas de Pesquisa:

1.Linha de Pesquisa: Materiais de Construção Civil
Micro-estrutura dos Materiais (3 créditos)
Seminário de Qualificação (2 créditos)
2.Linha de Pesquisa: Tecnologia das Construções
Patologia e Terapia das Estruturas de Concreto (3 créditos)
Seminário de Qualificação (2 créditos)

c) Disciplinas Eletivas:

Alvenaria Estrutural (3 créditos)
Tecnologia do Gesso (3 créditos)
Tecnologia de Polímeros (3 créditos)
Segurança e Higiene do Trabalho (3 créditos)
Tópicos Especiais em Materiais de Construção Civil (3 créditos)
Tópicos Especiais em Tecnologia das Construções (3 créditos)
Aproveitamento de Resíduos na Construção Civil (3 créditos)
Uso e Ocupação do Solo na Engenharia Civil (3 créditos)
Materiais e Componentes de Vedações/Acabamentos dos
Edifícios (3 créditos)
Estrutura Interna e Dosagem dos Concretos de Cimento
Portland (3 créditos)

Ementa das Disciplinas (Clicar no Ano)

– 2010

– 2011

– 2012

– 2013

– 2014

Permanente

Profa Eliana Cristina Barreto Monteiro, D.Eng. POLI/USP, 2002 Currículo Lattes

Prof. Fernando Artur Nogueira Silva, D.Sc., UFPE/2006 Currículo Lattes

Prof. Joaquim Teodoro Romão de Oliveira, D.Sc. COPPE / UFRJ, 2002 Currículo Lattes

Prof. Romilde Almeida de Oliveira, D.Sc. COPPE / UFRJ, 1997 Currículo Lattes

Prof. Valdemir Alexandre dos Santos, D.Sc. UNICAMP / SP, 1996 Currículo Lattes

Colaborador

Prof. Paulo Roberto do Lago Helene, D. Eng. USP, 1987 Currículo Lattes


Presidente/Chanceler

Pe. Mieczyslaw Smyda, S.J.
Provincial dos Jesuítas do Brasil

Reitor

Prof. Dr. Pe. Pedro Rubens Ferreira Oliveira, S.J.

Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação

Profa. Dra. Valdenice José Raimundo

Coordenadora de Pós-graduação Stricto Sensu

Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado

Coordenador de Pesquisa

Prof. Dr. Dario Brito Rocha Júnior

Coordenador do PPGENG

Prof. Dr. Joaquim Teodoro Romão de Oliveira
Telefone: 2119-4387
E-mail: ppgeng@unicap.br
Bloco G4, 8º andar, setor D.

Secretaria Stricto Sensu (mestrado)

Rua Almeida Cunha, 245.
Bloco G4, térreo.
Boa Vista, Recife-PE.
CEP: 50.050-480. Tel. (81) 99146-6993
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, de 8h às 17h


Área de Concentração

Engenharia das Construções

Linhas de Pesquisa

1. Materiais de Construção Civil

Compreende o estudo das propriedades e do comportamento dos materiais de construção, análise do desempenho e as suas interações com o ambiente.

2. Tecnologia das Construções

Compreende o estudo dos processos, dos sistemas construtivos e das interrelações entre as construções e o ambiente.

Permanentes

Prof. Ângelo Just da Costa e Silva, D.Eng. POLI/USP, 2008 Currículo Lattes

Profa Eliana Cristina Barreto Monteiro, D.Eng. POLI/USP, 2002 Currículo Lattes

Prof. Fernando Artur Nogueira Silva, D.Sc., UFPE/2006 Currículo Lattes

Prof. Joaquim Teodoro Romão de Oliveira, D.Sc. COPPE / UFRJ, 2002 Currículo Lattes

Prof. Romilde Almeida de Oliveira, D.Sc. COPPE / UFRJ, 1997 Currículo Lattes

Prof. Valdemir Alexandre dos Santos, D.Sc. UNICAMP / SP, 1996 Currículo Lattes

Apoiados por órgãos de fomento

1. FINEP/HABITARE/MOREAR

Título: Desenvolvimento de modelos para recuperação de edifícios construídos com alvenaria resistente

Resumo

A partir da década de setenta, com a criação do Banco Nacional de Habitação BNH, houve um grande impulso na construção de habitações populares em larga escala. Passaram a ser produzidos edifícios de até quatro pavimentos empregando blocos caracterizados como de vedaçãp, utilizando-os no entanto com finalidade estrutural. Estas construções foram executadas de forma empírica, sem obediência às normas técnicas específicas, sem fundamentação técnico-científica que possibilitassem o estabelecimento de padrões de confiabilidade estrutural aceitáveis, o que acarretou o aparecimento de uma série de patologias. Até o momento foram registrados 10 casos de desabamentos, ocasionando 15 vítimas fatais e muitos feridos. Dentre os casos mais recentes, detacam-se os edifícios Aquarela e Ijuí em Jaboatão dos Guararapes e os edifícios Éricka e Enseada de Serrambi em Olinda, cujas causas poderiam ser atualmente previsíveis. Nestes casos foram identificados o fenômeno de EPU (Expansão por Umidade), degradando os blocos cerâmicos de fundação e de Etringita, degradando os blocos de concreto de fundação (OLIVEIRA, 2000a). Permeando todas estas questões foram observadas falhas de projeto e de construção, próprias deste tipo de sistema construtivo, que inerentemente fere os princípios normativos e da literatura técnica universal.

Como decorrência destes procedimentos tem-se na Região Metropolitana do Recife cerca de 6.000 prédios do tipo caixão (PIRES SOBRINHO, 2004), todos eles com faixas de risco variadas que irão requerer algum tipo de intervenção (OLIVEIRA, 2001). Tais construções abrigam cerca de 250.000 pessoas, ou seja, aproximadamente 10% da população do Grande Recife. Dentro deste universo ocorreram dez acidentes com desabamentos, o que dá uma faixa de risco da ordem de 1:500, quando um valor aceitável socialmente fica situado em 1:10000.

Objetivos

1 – Caracterizar fatores que afetam a segurança estrutural das edificações em alvenaria portante encontrados na Região Metropolitana do Recife;

2 – Desenvolver e analisar modelos teórico-computacionais

3 – Desenvolver metodologias para avaliação experimental que possibilitem avaliar modelos de recuperação propostos;

4 – Servir como elemento indutor na formação de profissionais ao nível de pós-graduação nas Universidades e Institutos da Região

5 – Consolidar um centro de estudos em alvenaria no Nordeste;

6 – Realizar o primeiro Simpósio de recuperação de edificações em alvenaria no País;

7 – Desenvolver projetos e processos de recuperação básicos, com suporte na metodologia desenvolvida, para análise de situações típicas;

8 – Elaboração de um manual para recuperação de estruturas de alvenaria portante.

Rede:  Universidade Católica de Pernambuco
Associação Instituto de Tecnologia de Pernambuco
Universidade de Pernambuco
Secretaria de Ciências e Tecnologia – Governo do Estado de
Pernambuco
Universidade Federal de Santa Catarina

Proponente:  Associação Instituto de Tecnologia de Pernambuco

Executora:  Universidade Católica de Pernambuco

Co-executoras:  Universidade de Pernambuco

Universidade Federal de Santa Catarina

Interveniente:  Secretaria de Ciências e Tecnologia – Governo do Estado de Pernambuco

Coordenação executiva:  Prof. Romilde Almeida de Oliveira – UNICAP

Participantes: Prof. Romilde Almeida de Oliveira
Prof. Joaquim Teodoro Romão de Oliveira
Prof. Fernando Artur Nogueira Silva

Bolsistas:         Alexandre Filho – Bolsista ITI
Marcelo de Andrade Pitanga – Bolsista DTI
Samá Tavares – Bolsista DTI
Welligton Amorim Rego – Bolsista DTI
Rebecca Rolim Milet – Bolsista DTI

Valor: R$ 284.000,00

2. CNPq UNIVERSAL / FUNDARES

Título: Estudo da Deterioração dos Elementos de Fundações de  difícios construídos em  Alvenaria Resistente na Região Metropolitana do Recife

Objetivos

Objetivo Geral

Identificar os agentes que interagem com o embasamento causando a degradação dos elementos de fundação: blocos cerâmicos, blocos de concreto e argamassa de rejuntamento.

Objetivos Específicos

  • estudar os esforços horizontais dos empuxos das terras e de água / esgoto nos caixões perdidos nas fundações dos prédios;
  • caracterizar os contaminantes, os materiais constituintes dos embasamentos e os solos presentes no entorno das edificações antes e após a contaminação;
  • avaliar o efeito dos contaminantes nos solos e nos elementos de fundação por águas salgadas, esgoto doméstico, águas servidas provenientes de fossas e sumidouros;
  • identificar os microorganismos capazes de gerar ações deletérias sobre os elementos de fundação;
  • avaliar o comportamento geomecânico dos solos antes e após a contaminação;
  • analisar a influência da contaminação sobre os blocos cerâmicos do embasamento;
  • simular o ciclo de subida / descida do nível d’água e ciclos sucessivos de contaminação no solo e nos blocos cerâmicos;
  • apresentar um referencial teórico-prático sobre os efeitos dos contaminantes nos blocos cerâmicos;
  • investigar o efeito do revestimento do bloco cerâmico do embasamento na prevenção do processo de contaminação;
  • realizar análise numérica dos elementos de fundação em termos do comportamento tensão-deformação-resistência.

 

Equipe

Nome                                                                                      Função

1.  Romilde Almeida de Oliveira                                Coordenador

2.  Fuad Carlos Zarzar Júnior                                       Pesquisador

3.  Geovani Almeida da Silva                                        Pesquisador

4.  Fernando Artur Nogueira Silva                             Pesquisador

5.  Joaquim Teodoro Romão de Oliveira                 Pesquisador

6.  Washington Silva Esposito                                      Apoio Técnico

7.  Gustavo Boudoux de Melo                                      Apoio Técnico

8.  André Miranda dos Santos                                    Apoio Técnico

Coordenação: Prof. Romilde Almeida de Oliveira

3. Uso do Lodo de Esgoto em Plantas Condimentares e Medicinais na Zona da Mata do Estado de Pernambuco, Brasil.

Participantes: Federación Internacional de Universidades Católicas – FIUC
Centro Coordinador de las Investigaciones -CCI,
Universidad Católica de Oriente, Colombia
Pontificia Universidad Javerina – Bogotá, Colombia
Universidade Católica de Pelota – Brasil
Universidade Católica de Pernambuco – Brasil

Resumo do Projeto

Analisar o uso de lodo de esgoto ao solo com a finalidade de promover ao produtor da Zona da Mata do Estado de Pernambuco alternativas de plantas condimentares e Medicinais adubadas com lodo de esgoto, contribuindo para o  desenvolvimento sustentável e elevação da renda familiar, atendendo ao desenvolvimento científico e tecnológico, como também aos aspectos econômicos, sociais e de preservação ao ambiente. O planejamento de experimentos e as superfícies de resposta constituem-se em ferramentas importantíssimas, quando devidamente utilizadas no campo de tratamento de resíduos. Através desta técnica será possível avaliar a influência das variáveis individuais e/ou combinadas sobre a variável de resposta e, com isso, construir modelos estatísticos que represente apropriadamente as características dos solos estudados, descartando as variáveis de menor significância nos processos de avaliação de parâmetros de valor agronômico dos lodos. As superfícies traçadas a partir do modelo, demonstrarão como variam as características dos solos em função de importantes parâmetros físicos, químicos ou biológicos. A condutividade hidráulica será avaliada utilizando-se o permeâmetro Tri-flex II em amostras do solo-lodo, em três tipos de solos com granulometrias diferentes, misturados com lodo de esgoto em diferentes concentrações e porosidades.  A análise físico-química do solo-lodo e do líquido percolante (lixiviado) será realizada antes e após a percolação e a análise microestrutural do solo-lodo será realizada utilizando-se o microscópio eletrônico de varredura (MEV).

Equipe Executora da UNICAP

Arminda Saconi Messias  (Coordenadora),  Alexandra Amorim Salgueiro, Carlos Alberto Alves da Silva, Eliane Cardoso de Vasconcelos, Galba Maria de Campos Takaki, Joaquim Teodoro Romão de Oliveira, Kaoru Okada, Leonie Asfora Sarubbo e Valdemir Alexandre dos Santos

Objetivo Geral

Analisar o comportamento do solo através de parâmetros físicos, químicos, biológicos e microestrutural que visa obter alternativas de utilização de plantas condimentares e medicinais adubadas com lodo de esgoto para proporcionar ao pequeno produtor da Zona da Mata do Estado de Pernambuco condições de aplicabilidade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e elevação da renda familiar, atendendo ao desenvolvimento científico e tecnológico, como também, aos aspectos econômicos, sociais e de preservação do ambiente.

Objetivos Específicos

Planejar e otimizar os experimentos de caracterização das amostras de solos.
Caracterizar fisico-química e mineralogicamente as amostras de solo e lodo de esgoto.
Caracterizar biologicamente as amostras de solos.
Avaliar a qualidade biológica do lodo de esgoto produzido na região.
Avaliar o potencial do lodo de esgoto como matéria-prima de atividades agrícolas.
Identificar a dose adequada de lodo de esgoto, que proporcione maior produtividade das plantas selecionadas.
Avaliar o impacto da utilização do lodo de esgoto sobre a microbiota de solos agricultáveis.
Indicar alternativas para a redução da carga poluidora por metais pesados no lodo de esgoto, utilizando-se, também, a via microbiológica.
Apresentar um referencial teórico/prático sobre a utilização do lodo de esgoto na agricultura
Gerar informações e resultados que propiciem a elaboração de um banco de dados aplicável ao tratamento e disposição do lodo de esgoto.
Estimular a diversificação agrícola para a melhoria de qualidade de vida, priorizando a preservação ambiental.
Órgão Financiador:  Federación Internacional de Universidades Católicas – FIUC

4. PROCAD/CAPES  UNICAP/USP

Título: Patologia das Fundações de Edifícios de Alvenaria Resistente na Região Metropolitana do Recife

Objetivo Geral

Identificar os agentes que interagem com o embasamento causando a degradação dos elementos de fundação: blocos cerâmicos, blocos de concreto e argamassa de rejuntamento.

Objetivos específicos

  • Estudar os esforços horizontais dos empuxos das terras e de água / esgoto nos caixões perdidos nas fundações dos prédios;
  • Caracterizar os contaminantes, os materiais constituintes dos embasamentos e os solos presentes no entorno das edificações antes e após a contaminação;
  • Avaliar o efeito dos contaminantes nos solos e nos elementos de fundação por águas salgadas, esgoto doméstico, águas servidas provenientes de fossas e sumidouros;
  • Identificar os microorganismos capazes de gerar ações deletérias sobre os elementos de fundação;
  • Avaliar o comportamento geomecânico dos solos antes e após a contaminação;
  • Analisar a influência da contaminação sobre os blocos cerâmicos do embasamento;
  • Simular o ciclo de subida / descida do nível d’água e ciclos sucessivos de contaminação no solo e nos blocos cerâmicos;
  • Apresentar um referencial teórico-prático sobre os efeitos dos contaminantes nos blocos cerâmicos;
  • Investigar o efeito do revestimento do bloco cerâmico do embasamento na prevenção do processo de contaminação;
  • Realizar análise numérica dos elementos de fundação em termos do comportamento tensão-deformação-resistência.

Equipe Executora

UNICAP: Joaquim Teodoro Romão de Oliveira (Coordenador UNICAP), Romilde Almeida de Oliveira, Fernando Artur Nogueira Silva.

USP: Marcos Massao Futai (Coordenador USP), Vanderley Moacyr John, Maria Alba Cincotto, Ruy Marcelo de Oliveira Pauletti, Túlio Nogueira Bittencourt, Faiçal Massad, Paulo de Mattos Pimenta, Waldemar Coelho Hachich, Fernando Antonio Medeiros Marinho

Órgão Financiador: CAPES

5. IMPLANTAÇÃO E MELHORIA DA INFRAESTRUTURA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA UNICAP

Resumo do Projeto
O projeto objetiva a atualização e adequação de espaços físicos para o desenvolvimento de pesquisas experimentais e numéricas no âmbito dos dois programas de pós-graduação na área da Ciência e Tecnologia da Universidade – Mestrado em Engenharia Civil e Mestrado em Desenvolvimento de Processos Ambientais. Estão previstas a execução de reformas físicas e aquisição de equipamentos que contribuirão de maneira importante para qualificar as pesquisas a serem implantadas e aquelas que já se encontram em desenvolvimento. Os investimentos de capital e as aquisições de equipamentos previstos nos projetos se acham diretamente relacionados às linhas de investigação dos dois programas de Pós-Graduação referidos, que desenvolvem pesquisas prioritariamente na temática dos elementos construtivos e do monitoramento ambiental, e se constitui numa estratégia de longo prazo da instituição manter sempre atualizado a sua estrutura de investigação científica. Com o aprimoramento da estrutura de pesquisa já existente, a Universidade poderá atuar de maneira mais ostensiva e mais qualificada na solução de importantes problemas de engenharia civil e ambiental que hoje estão presentes não só no estado de Pernambuco, mas também na Região Nordeste como um todo assumindo, desta forma, um papel disseminador de conhecimentos técnico-científicos de elevado nível na região.

Financiador: FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS – FINEP

Valor Financiado: R$ 753.906,00

Principais itens do Projeto para o Mestrado em Engenharia Civil:

  • Reforma de ambiente destinado a Professores e Alunos do Mestrado em Engenharia Civil;
  • Aquisição de Reômetro;
  • Aquisição de Aparelho de Ultrassom para aplicação em concreto (USN-60);
  • Aquisição de máquina universal de ensaios;
  • Aquisição de pacômetro e aparelho para medição do potencial de corrosão;
  • Aquisição do Software DIANA para simulações numéricas com o Método dos Elementos Finitos;
  • Instalação de Rede Wireless no Centro de Ciências e Tecnologia.

Participantes do Mestrado em Engenharia Civil

Prof. Dr. Fernando Artur Nogueira
Prof. Dr. Joaquim Teodoro Romão
Prof. Dr. Romilde Almeida de Oliveira

Vigência: 02 anos (inicio em 2011)

  • Laboratório de Análise Física de Componentes Construtivos
  • Laboratório de tecnologia dos materiais
  • Laboratório de Geotecnia
  • Laboratório de Estruturas

Repositório de Teses e Dissertações

[+] Página Inicial

Biblioteca Digital de Dissertações

[+] Clique e acesse as Dissertações do PPGENG

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações de outros PPGs da Unicap

[+] Clique e acesse aqui

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações por Áreas do CNPq

[+] Clique e acesse Teses e Dissertações por áreas

Biblioteca Central da Unicap

[+] Clique e acesse a página da Biblioteca


Atualmente duas dissertações de mestrado, que tem forte impacto e inserção social, estão sendo desenvolvidas no tema de uso do solo em encostas ocupadas na Região Metropolitana do Recife. Uma delas é a dissertação do eng. Guilherme Pereira, em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Prefeitura de Ipojuca-PE. A pesquisa estuda uma encosta de Ipojuca que está se movimentado e possui alto grau de risco de acidente, o que está comprometendo a segurança de edificações. A outra dissertação elaborou um mapa de risco das encostas do Município de Escada, de autoria do Eng. Paulo Marcelo Cavalcanti. A defesa desta dissertação ocorreu no dia 12 de dezembro de 2019.

Dentro das áreas de interesse de pesquisas dos professores do Programa foram identificados diversos temas no âmbito das linhas de pesquisa que constituem a área de concentração do Programa e que carecem de produção de conhecimento. Vem sendo desenvolvidos projetos objetivando solução de problemas locais e nacionais, mas inseridos no contexto internacional, dentro do estado da arte atual. Estes projetos têm forte apelo social. São os casos de:

  • recuperação de edifícios construídos em alvenaria resistente;
  • adequação do processo construtivo alvenaria estrutural que vem sendo introduzido na região nordeste a partir de 2000;
  • influência do produto final do tratamento de esgotos sanitários de edificações através de fossas sépticas empregando valas de infiltração e sumidouros, sobre as fundações destas construções. Regionalmente este problema se acentua em virtude da região metropolitana do Recife ter apenas cerca de 20% das edificações dotadas de sistema de tratamento de esgotos através de rede pública;
  • análise da robustez de edifícios de múltiplos andares e proposição de critérios de projeto com a finalidade de evitar o colapso progressivo dos pilares. Este efeito tem sido causa de desabamentos de edifícios com estruturas em concreto armado tanto nacional quanto internacionalmente;
  • desenvolvimento de metodologia alternativa da apresentada na NBR 6118 para evitar a  corrosão das armaduras devido à ação de cloretos, efetuando a medição da concentração de cloretos na atmosfera através de dispositivo como a vela úmida ou sensores destinados a este fim. A correlação entre a concentração de cloretos na atmosfera marinha com a concentração de cloretos no interior dos concretos para diferentes composições permite além de definir a referida metodologia abrir novos caminhos para estudos da vida útil das estruturas de concreto;
  • análise da penetração de contaminantes no lençol freático, devido a vazamentos de derivados de petróleo.

Foram concluídos quatros projetos de pesquisa dentro de uma mesma temática, análise do comportamento de edificações construídas com alvenaria resistente:

  1. "Desenvolvimento de modelos para recuperação de edifícios construídos com alvenaria resistente", financiado pela FINEP;
  2. “Estudo da Deterioração dos Elementos de Fundações de Edifícios Construídos em Alvenaria Resistente na Região Metropolitana do Recife”, financiado pelo CNPq;
  3. “Modelagem Numérica de Estruturas de Alvenaria Estrutural” - Edital MCT/CNPq 15/2007 - Universal - Cooperação com a UFRGS e
  4. “Patologia das Fundações de Edifícios de Alvenaria Resistente na Região Metropolitana do Recife”, financiado pela CAPES. Os objetivos destes projetos em analisar os comportamentos destas obras, denominadas “prédios caixão”, as manifestações patológicas nas super-estruturas e infraestruturas e proposição de técnicas para recuperação destas edificações permitiu relações com diversos setores da sociedade interessados nos resultados.

 

O projeto "Patologia das Fundações de Edifícios de Alvenaria Resistente na Região Metropolitana do Recife", PROCAD NF, gerou uma importante contribuição social e para as questões ambientais ao analisar a influência da água do lençol freático sobre as fundações destas edificações, bem como da influência do produto final resultante de tipos utilizados de esgotamento sanitário através de fossas sépticas que empregam valas de infiltração ou sumidouros sobre os elementos de fundações.

O Projeto FIUC – Federação Internacional de Universidades Católicas: Uso do Lodo de esgoto em plantas condimentares e medicinais na zona de mata de Pernambuco, além das finalidades social e econômica para a zona da mata pernambucana, trata de questões envolvidas na produção dos elementos agrícolas considerados. 

A Região Metropolitana do Recife tem cerca de 6 000 edificações desta natureza, abrigando cerca de 250.000 pessoas, que corresponde a 10% da população desta região. Nos últimos quinze anos ocorreram doze desabamentos, além de mesmo número de demolições de edifícios, inclusive com vítimas fatais, e de casos de interdição motivadas por sérias manifestações patológicas. As demolições e interdições foram motivadas pelo fato das edificações não oferecerem condições de segurança aos seus usuários.


O Plano de Desenvolvimento Institucional da Universidade Católica de Pernambuco prevê o estímulo ao intercâmbio e cooperação entre Programas de Pós-Graduação, tanto em nível nacional quanto internacional com vistas à internacionalização e consolidação da pesquisa científica na Instituição. Neste sentido, merecem destaques duas ações concretas que foram realizadas pela Universidade nos últimos anos, a seguir descritas.

 

Acordo de Cooperação Técnica com o ICAM

Trata-se de um Convênio de Cooperação Técnica assinado em 13 de novembro de 2017 entre a Universidade Católica de Pernambuco e o Institut Catholique D'Arts et Metiers (ICAM) da França.  O Convênio prevê o desenvolvimento de atividades de pesquisa científica avançadas na área de tecnologia, a mobilidade docente e discente em nível de graduação e de pós-graduação. Três alunas de graduação da UNICAP estiveram em Nantes na França desenvolvendo trabalho de conclusão de curso e um aluno do ICAM esteve em Recife de fevereiro a julho de 2018. Este aluno desenvolveu atividades de pesquisa sob a orientação dos profs. Fernando Artur Nogueira e Ângelo Just que são docentes permanentes do Programa de Engenharia Civil da Unicap. Esta pesquisa conta ainda com a parceria da Empresa TECOMAT que atua no setor de controle tecnológico de construções em Recife e Região Nordeste.

A mestranda Nicole Nascimento desenvolveu no primeiro semestre de 2019, desde janeiro, atividades de pesquisa no ICAM da cidade de Nantes. O estudo está sob a supervisão dos professores Fernando Artur Nogueira (UNICAP) e Mahfoud Tahlaiti (ICAM) e trata do tema da durabilidade de estruturas, com foco nos efeitos das reações expansivas do concreto. A defesa da dissertação de Nicole ocorreu no dia 24 de março de 2020, de forma remota, com a participação dos pesquisadores franceses: Mahfoud Tahlaiti (ICAM) e Abdel Khelitj (Universidade de Nantes). Atualmente os mestrandos Rodrigo Roma e Klayne Katiley estão na França, desenvolvendo atividades relativas aos temas das respectivas dissertações.

 

Criação do Consórcio Pernambuco Universitas

 A Universidade Católica de Pernambuco, em conjunto com outras quatro universidades do Estado – Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Universidade de Pernambuco e Universidade do Vale do São Francisco constituíram um consórcio intitulado “Pernambuco Universitas”. Trata-se de um inédito convênio de cooperação inter-universitária entre as principais instituições de Pernambuco.

O convênio, pioneiro no país, promoverá a cooperação técnica, científica, educacional e cultural entre as cinco universidades, visando o desenvolvimento e a execução conjunta de programas e projetos, e o intercâmbio em assuntos educacionais, culturais, científicos e tecnológicos.

Os recursos materiais, humanos e financeiros necessários à execução, em cada programa ou projeto, das atividades resultantes do convênio, serão fornecidos pelas universidades que formam o consórcio “Pernambuco Universitas”, dentre as suas respectivas disponibilidades, ou mediante captação junto a organismos oficiais, governamentais ou privados, nacionais ou estrangeiros.

A criação de um modelo de atuação consorciada entre as universidades pernambucanas, visando integrar as diferentes competências existentes bem como ampliar as possibilidades de atuação dessas instituições na esfera internacional, foi inspirada no Protocolo de Intenções para fortalecer a cooperação acadêmica entre as universidades de Pernambuco e as principais universidades de Toulouse, na França, assinado no dia 12 de dezembro de 2013, em Brasília, com a presença do presidente francês, François Hollande, e do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. As informações são da assessoria da Univasf.

Em abril de 2014, foi realizado em Pernambuco o 1º Seminário de Grandes Desafios em Pesquisa e Formação: Pernambuco – Universidade de Toulouse.  Cerca de 200 pesquisadores e representantes do setor político e empresarial de Pernambuco e da região Midi-Pyrénées participaram do evento. Seis ateliês temáticos em áreas prioritárias para a cooperação Pernambuco-Toulouse foram realizados: Meio ambiente e recursos naturais; Patrimônio, História e Sociedade; Espaços urbanos; Biologia e Saúde Humana; Materiais e Tecnologia; Agricultura, Agronomia e Saúde Animal; e Formações inovadoras e internacionais.

A professora Eliana Cristina Barreto Monteiro é pesquisadora no projeto Red Prevenir - Prevención de Problemas Patológicos  em Estruturas de Concreto, Colaboración Interamericana em Materiales, com Auxílio financeiro.

Historicamente outras atividades contribuiram para o processo de internacionalização do programa. Estas atividades são descritas a seguir.

Participação da profa. Eliana Cristina Barreto Monteiro  na First International  Conference on Concrete Sustainability com a apresentação do trabalho  “Evaluation of Corrosion in Portland Cement Mortar Using the Technique of Corrosion Electrochemical Potential”. Japan Concrete Institute, Tokyo, 2013.

Participação do Prof. Romilde Almeida de Oliveira no IABMAS 2012 - 6th International Conference on Bridge Maintenance, Safety and Management, 2012,  Stresa – Itália, com apresentação do trabalho Probabilistic estimation of the initial time of corrosion of reinforced concrete components situated in a marine environment.

Participação do Prof. Romilde Almeida de Oliveira em banca de doutorado de José Afonso Pereira Vitório. ”Um estudo comparativo sobre métodos de alargamento de pontes rodoviárias de concreto armado,  com a utilização das normas brasileiras e Eurocódigos, 2013, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Participação do Prof. Romilde Almeida de Oliveira 3º Congresso Nacional sobre Segurança e Conservação de Pontes - ASCP'2013, com a apresentação do trabalho Análise probabilística da vida útil de elementos de concreto armado utilizando resultados de medições de íons cloretos existentes na atmosfera pelo método da vela úmida, Associação Portuguesa para a Segurança e Conservação de Pontes, Porto – PT, 2013.

Palestra proferida na Faculdade de engenharia da Universidade do Porto  “Uma metodologia para determinação probabilística da vida útil de componentes de concreto armado submetidos à corrosão por cloretos”, Porto-PT, 2013.


Alunos Especiais e Alunos Ouvintes
 

Admissão extrasseleção, para aluno especial ou aluno ouvinte e aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação

A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, no uso de suas atribuições, e de acordo com o Regimento da Pós-graduação Stricto Sensu, no que concerne à Regulamentação de matrícula de alunos da Pós-graduação, estabelece:

Aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação

Aluno Vinculado é aquele efetivamente matriculado em Curso de Mestrado/Doutorado em Instituição de Ensino Superior, aprovado pela CAPES, que deseje cursar disciplina em um Programa de Mestrado/Doutorado da UNICAP, observando:

  • o nº de Alunos Vinculados por disciplina é decisão da Coordenação da Pós-graduação Stricto Sensu, ouvido o Coordenador do Programa em questão,
  • o aluno deverá apresentar no ato da inscrição, cópia autenticada da RG, CPF, Certificado de Conclusão da Graduação ou Diploma, do Histórico da Graduação e Currículo comprovado, sem necessidade de autenticação;
  • o aluno deverá preencher o requerimento padrão oferecido na secretaria da Pós-graduação;
  • o aluno deverá pagar por cada disciplina, a ser cursada, a taxa no valor definido pela Pró-reitoria.

Aluno especial e Aluno ouvinte

Aluno Especial ou Aluno Ouvinte é aquele aluno que não está vinculado a nenhum Programa de Mestrado/Doutorado e deseja cursar disciplinas em um Programa de Mestrado/Doutorado da UNICAP, observando:

  • o n° de Alunos Especiais é decisão da Coordenação Geral de Pós-graduação, ouvido o Coordenador do Programa em questão;
  • o aluno deverá apresentar, no ato da inscrição, cópia autenticada da RG, CPF. Certificado de Conclusão da Graduação ou Diploma, do Histórico da Graduação e Currículo comprovado, sem necessidade de autenticação;
  • o aluno deverá preencher o requerimento padrão oferecido na secretaria da Pós-graduação:
  • o aluno deverá pagar, por cada disciplina a ser cursada, a taxa no valor definido pela Pró-reitoria.

Obs.:  O  Aluno Especial  poderá aproveitar, nos Programas de Pós-graduação da UNICAP, os créditos cursados na disciplina, desde que até o prazo de 5 anos, levando em conta a quantidade de créditos que o Programa aceita dentro desta modalidade (geralmente são 8 créditos). O Aluno Ouvinte não poderá aproveitar a disciplina cursada para compor créditos nos Programas de Pós-graduação.

 

Inscrições:

Devido o momento da Pandemia da COVID-19, todo o processo de inscrição estará sendo através do envio da documentação solicitada e do requerimento para o e-mail: secretariastrictosensu@unicap.br, no período de 18/01/2021 a 19/02/2021.

 

Requerimentos:

- Aluno Especial (Clicar aqui)

- Aluno Ouvinte (Clicar aqui)

 

Valor por disciplina:

- Valor por disciplina (Clicar aqui


Fale Conosco

Segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h

Local
Rua Almeida Cunha, 245. bloco G4, térreo
Boa Vista, Recife/PE.
CEP: 50.050-480

> Fone (também Whatsapp)

(81) 99146-6993

Email
secretariastrictosensu@unicap.br


Edital 2021 – Mestrado em Engenharia Civil

[+] FAÇA SUA INSCRIÇÃO NO PORTAL DA PÓS-GRADUAÇÃO

Obs.:  A Secretaria da Stricto Sensu informa que os documentos solicitados, nos Editais de Seleção 2021, com o reconhecimento de firma/autenticação, serão necessários, apenas, no ato da entrega presencial, na Secretaria, devido a Era Pandêmica. Para o momento atual, os documentos apenas precisam ser digitalizados e encaminhados para o e-mail indicado nos Editais.

Admissão no Programa

A admissão ao Programa dá-se por meio de processo seletivo anunciado por Edital.

Poderão candidatar-se aos Cursos de Mestrado e Doutorado em Ciências da Religião portadores de diplomas de graduação, em quaisquer áreas do conhecimento, desde que reconhecidos pelos órgãos federais competentes, uma vez que se trata de uma área interdisciplinar, na qual as pesquisas são congregadas pelo objeto de estudos, e não pelo método. É exigida a apresentação de um projeto de pesquisa pertinente às linhas de pesquisa oferecidas pelo Programa. Para os candidatos ao Curso do Doutorado em Ciências da Religião, é exigido o diploma de Mestre, em quaisquer áreas reconhecidas pela CAPES.

Os candidatos à seleção deverão apresentar cópias legíveis, acompanhadas de originais para conferência:

  • RG e CPF;
  • certidão de nascimento/casamento ou certidão com averbação de divórcio;
  • título de eleitor com comprovante da última eleição;
  • certificado de quitação com o serviço militar (homem);
  • diploma, devidamente registrado em órgão competente, ou certificado de conclusão da graduação;
  • histórico escolar da graduação;

Além disso, deverá apresentar:

  • uma foto 3X4 colorida e recente;
  • requerimento justificando o interesse pelo curso e pela linha de pesquisa;
  • projeto de pesquisa (proposta preliminar);
  • curriculum vitae cadastrado na Plataforma Lattes do CNPq (cnpq.br), devendo o candidato entregar cópia da documentação comprobatória;
  • cópia do comprovante da inscrição;
  • comprovante do pagamento da taxa de inscrição.

Os candidatos ao Programa de Doutorado também deverão apresentar:

  • Diploma de Mestrado (cópia autenticada), reconhecido pela CAPES, ou certificado de Conclusão do Mestrado, ou ainda uma declaração de que é concluinte de Mestrado, em curso reconhecido pela CAPES.
  • Histórico escolar do Mestrado (cópia autenticada), com inclusão da nota do exame de proficiência de língua estrangeira.

A seleção dos candidatos para o Curso de Mestrado em Ciências da Religião será realizada por uma Comissão de Seleção designada pelo Colegiado e constará de:

  • prova escrita com base na bibliografia indicada no Edital (eliminatória);
  • análise do Projeto de Pesquisa;
  • avaliação do Currículo Lattes;
  • entrevista com os candidatos que obtiverem nota 7,0 (sete) na prova escrita;
  • exame de proficiência de língua estrangeira (inglês, francês, italiano ou espanhol) através de teste de compreensão de textos escritos.

Ao aluno que não tiver obtido nota igual ou superior a 7,0 (sete), no exame de proficiência em língua estrangeira, na seleção, será dada uma nova oportunidade até 12 (doze) meses após o período de seleção, ou o cumprimento de disciplina em Língua Estrangeira Instrumental na UNICAP, por um semestre, sendo aprovado com o mínimo de 7,0 (sete); caso seja reprovado, o aluno não terá direito a prosseguir no Curso.

A seleção dos candidatos para o Curso do Doutorado em Ciências da Religião será realizada por uma Comissão de Seleção designada pelo Colegiado e constará de:

  • prova escrita com base na bibliografia indicada no edital (eliminatória);
  • análise do Projeto de Tese;
  • c) avaliação do Currículo Lattes;
  • d) exame de proficiência de uma segunda língua estrangeira (inglês, francês, italiano ou espanhol) através de teste de compreensão de textos escritos (eliminatória);
  • e) entrevista com os candidatos que obtiverem nota 7,0 (sete) no exame de proficiência de língua estrangeira.

Os resultados serão divulgados seguindo as datas estipuladas no cronograma do Edital de Seleção.

MESTRADO

  1. Homologação das Inscrições (Clicar aqui) - 08/02/2021
  2. Horários das Entrevistas (Clicar aqui) - 08/02/2021
  3. Resultado Final da Seleção 2021 (Clicar aqui) - 10/02/2021

Nos dias 15 e 16/03/2021 serão realizadas as matrículas e as alterações de matrículas do primeiro semestre de 2021, do Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil.

Para realização da matrícula ou alteração, deve ser encaminhado para o e-mail: sec.ppgeng@unicap.br, colocando no assunto: "MATRÍCULA 2021.1"; para a realização de matrícula, deve anexar o requerimento de matrícula e a comprovação de atualização do Currículo Lattes (atualizado em março/2021). Para a realização de alteração de matrícula dever encaminhar para o mesmo e-mail, colocando no a assunto "ALTERAÇÃO DE MATRÍCULA 2021.1", deve anexar o requerimento de alteração de matrícula.

- Requerimento de Matrícula (Clicar aqui)

- Requerimento de Alteração de Matrícula (Clicar aqui)

 

Obs.: Para alteração de matrícula deve marcar o item 03 e na área de observações, incluir o texto: "Solicito INCLUIR ou EXCLUIR a DISCIPLINA ou SEMINÁRIO e colocar o CÓDIGO e NOME da DISCIPLINA ou SEMINÁRIO. O mesmo requerimento pode ser feito para mais de uma disciplina ou seminário, desde que haja o mesmo texto para cada disciplina ou seminário, de forma separa.


Devido a Pandemia do COVID-19 a Secretaria dos Cursos "Stricto Sensu" está adotando novos critérios para o recebimento da versão final das Dissertações.

- Orientações Gerais (Clicar aqui)

- Atualização de Cadastro (Clicar aqui)

- Termo de Autorização para Biblioteca (Clicar aqui)

- Solicitação de Diploma (Clicar aqui)

- Portaria - Entrega das Dissertações e Teses (Clicar aqui)


O Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil realiza periodicamente seu processo de autoavaliação, visando o aperfeiçoamento contínuo de atividades acadêmicas e participação na sociedade. A autoavaliação é um processo planejado, conduzido, implementado e analisado pelo próprio programa de pós-graduação e pela Comissão Própria de Avaliação da UNICAP. A autoavaliação consiste de um mecanismo sistemático e contínuo de monitoramento da qualidade do programa, que complementa o processo de avaliação externa.

 

- Comissão de Autoavaliação (Clicar aqui)

- Manual de Autoavaliação da PROPESPI (Clicar aqui)